As rendilheiras Gilliodts agradecem a Deolinda Peralta esta tradução

Enquanto aguardamos o nosso novo local, reunimos no refeitório da antiga casa de repouso atrás da prefeitura. Fazemos renda todas as quintqs-feiras das 13h30 às 17h30 e partilhamos um lanchinho.

A adesão anual à associação é de 12€, as aulas quinzenais são a 4,50€.

Oferecemos-lhe a primeira aula a título experimental. Posteriormente, o material pode ser comprado na escola.

A nossa associação nasceu em 1990, conta com cerca de trinta alunas e tem como objectivo preservar e promover a arte da renda participando em diversas actividades.

Renda de bilros, renda de agulha, clássica, contemporânea, destaque das rendas (brordado e montagem ), piques,um pouco de história e revalorização das rendas para quem desejar, um bom programa que cada rendilheira segue ao seu ritmo.

 

 

Pourquê GILLIODTS ?

Conta a lenda que este era o nome de uma jovem apaixonada por um soldado obrigado a partir para a guerra. Ferido e às portas da morte, ele envia-lhe uma alga como recordação. Para guardar essa alga que começava a secar, GILLIODT reproduziu-a cruzando e entrecruzando delicadíssimos fios : ltinha nascido a renda !

Encontramos esta lenda em muitos países. Apenas o nome varia. Também a encontramos no livro de Madame Jacqueline Quef-Allemant "La Bélandrière".

A nossa professora : Marie-Paule HUYGHE

Inicialmente fez cursos por correspondência no Centre d'Enseignement de la Dentelle du Puy-En-Velay com a professora Madame Granturgo, depois fez o curso de piques Michel Jourde MOF. Ela completou depois inúmeros estágios de aperfeiçoamento propostos por Maria Lissens et Véronique Zimmermann, ambas licenciadas pelo Kantcentrum o Bruges.

Até finais de Dezembro de 2004 ensinou em quatro escolas, a mais de 80 alunas.

Desde Janeiro de 2005, Françoise Deboudt, que ela formou, destacou-se na escola em West-Cappel e em Wormhout

 

 

Rendas praticadas na escola

Rendas de um único fio : Torchon, Cluny, Flandres, Lille, Bucks, Valenciennes, em Bailleul, Binche e Contemporânea.

Rendas de fios cortados : Fleuri, Fin Fleuri, Russe, Figurative, Rosaline Perlée, Bayeux, Contemporaine, initiation Florence e Rococo.

Outras : Renda de agulha clássica e contemporãnea, Stumpwork, montagem das rendas sobre tecido. Bordado em Lunéville.

De acordo com a procura, são disponibilizados estágios por intervenientes externos. Exemplo : Maria Lissens, Manuel Rodriguez…. Neste caso, encontra informações no nosso forum na rubrica « Les Gilliodts ».